gtag("config", "AW-798329363");
Alameda dos Maracatins, 426 cj 804 - Moema - São Paulo - SP -
Agende sua consulta - 11945990836

11 3582-8948

11945990836

Alameda dos Maracatins, 426 cj 804 - Moema - São Paulo - SP -

Enxaqueca em adolescentes

A endometriose pode favorecer o desenvolvimento de outras condições dolorosas para as mulheres. Uma pesquisa recente analisou a propensão de adolescentes com endometriose a ter enxaqueca.

O estudo "Prevalence of migraines in adolescents with endometriosis" detectou que as jovens nessa condição têm chance 4.7 vezes maior de enxaqueca do que as adolescentes que não possuem endometriose.

Isso pode ocorrer porque as mulheres com endometriose têm maior sensibilidade à dor. A cólica, por exemplo, é mais intensa nas pacientes com endometriose.

Outra conclusão desse estudo avaliou as pacientes com endometriose com e sem enxaqueca. As mulheres com as duas doenças, têm mais dismenorréia (que é a cólica antes ou depois da menstruação).

Quanto mais cedo ocorre a menarca (o primeiro fluxo menstrual), é maior o risco de desenvolver enxaqueca. Os médicos ainda verificaram que, para cada aumento na escala de dor da enxaqueca, as chances de endometriose aumentam 22%.

É importante analisar a relação entre as doenças para que o rastreio de pacientes com endometriose seja mais eficiente e, dessa forma, o tratamento e os cuidados possam ser potencializados.
« Voltar
A endometriose existe e deve ser tratada com cuidado e respeito Valorize a sua dor, isso não é psicológico!